Brasil

Anvisa determina recolhimento de doses interditadas da vacina CoronaVac

Mais de 12 milhões de doses foram envasados em fábrica não autorizada pela Agência e tinham sido interditadas no início do mês

Por Redação Tupi

Vacina CoronaVac
Vacina CoronaVac (Foto: Geovana Alburquerque/Agência Saúde)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), determinou, nesta quarta-feira (22), o recolhimento dos 25 lotes da vacina CoronaVac que foram interditados no início de setembro.

No texto, a Anvisa afirma que a decisão foi tomada para a constatação de que os dados apresentados não comprovam a realização do envase da vacina CoronaVac em condições satisfatórias de boas práticas de fabricação.

Ao todo, a Anvisa havia interditado 12,1 milhões de doses que foram produzidas pela Sinovac, na China, em uma fábrica não inspecionada e aprovada pela Anvisa. Mais de 12 milhões de doses foram envasados em fábrica não autorizada pela Agência e tinham sido interditadas no início do mês

O recolhimento se aplica apenas aos lotes que foram envasados em local não inspecionado pela Agência e que não consta da AUE da vacina CoronaVac.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
10:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
20:00 - Conexão Tupi
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »