Conecte-se conosco

Brasil

Bolsonaro convoca evangélicos para ato do Dia da Independência

Ele iniciou o breve discurso reconhecendo que o Brasil está passando por momentos difíceis nos últimos três anos

Publicado

em

(Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro, durante a Marcha para Jesus, no Rio de Janeiro, neste sábado (13), evento promovido anualmente pelo Conselho de Pastores do Rio de Janeiro, que levou milhares de pessoas ao Sambódromo, no centro da capital fluminense, fez nova convocação para o ato de Sete de Setembro que anunciou para Copacabana, na Zona Sul da capital fluminense, nas comemorações do Dia da Independência. Em tom religioso, que agradou à plateia, ele convocou os participantes do evento gospel a também tomarem parte da manifestação e a mostrar “a quem pertence” o Brasil.

“No próximo dia 7, vamos todos, às 15 horas, estar presentes em Copacabana, onde vamos dar um grito muito forte, dizendo a quem pertence essa Nação. O que nós queremos é transparência e liberdade”, afirmou Bolsonaro durante o discurso que durou cerca de 4 minutos.

Tendo ao lado o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), o pastor Silas Malafaia, e também a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, ele iniciou o breve discurso reconhecendo que o Brasil está passando por momentos difíceis nos últimos três anos, mas afirmou que nas últimas semanas começou a resolver as questões materiais.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.