Brasil

Bolsonaro nega interferência na troca da chefia da PF no Rio

Segundo o presidente, a mudança aconteceu porque o ex-superintendente do Estado foi promovido

Por Marcelo Silva

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro negou que tenha influenciado na troca chefe da Polícia Federal do Rio. Na tarde de segunda-feira (05), o novo diretor geral da PF, Rolando Alexandre de Souza decidiu mudar o comando da corporação no Estado.

No entanto, segundo Bolsonaro, a mudança aconteceu para que o ex-superintendente, Carlos Henrique Oliveira fosse promovido ao cargo de diretor executivo da Polícia Federal, em Brasília, segundo cargo na hierarquia da corporação.

O presidente afirmou ainda que nenhum dos seus filhos é alvo de investigação da Polícia Federal, o que no entendimento de Bolsonaro, não impede qualquer mudança no comando da PF no Rio

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »