Brasil

Defesa de Flávio Bolsonaro nega encontro do parlamentar com miliciano Adriano da Nóbrega

Acusação foi feita pelo vereador Ítalo Pereira Campos

Por Isaac Santos

Foto: (Reprodução/Internet)

A defesa do Senador Flávio Bolsonaro (sem partido) desmentiu a denúncia feita pelo vereador do Rio de Janeiro, Ítalo Ciba (Avante), de que Flávio teria visitado o miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, mais de uma vez na cadeia. Na ocasião, Ítalo, que é sargento da Polícia Militar(PM), também estava preso na mesma cela que Adriano.

O vereador disse ainda que Adriano Nóbrega, que é ex-capitão do Bope, frequentava o gabinete de Flávio a convite de Fabrício Queiroz, ex-chefe da segurança na época. A defesa de Flávio Bolsonaro afirmou que ele nunca fez visitas a criminosos e que durante todos os mandatos desenvolveu um trabalho para garantir justiça e atendimento jurídico adequado a policiais.

“Sobre o ex-policial Adriano da Nóbrega, é fato que não existe relação entre ele, Flávio Bolsonaro e sua família. O ex-oficial, assim como outros policiais, recebeu homenagens, há mais de 15 anos, quando se destacou por feitos heróicos e que garantiram a segurança e a proteção de famílias cariocas. Segurança pública é e sempre foi uma pauta importante para Flávio Bolsonaro”, disse Frederick Wassef, advogado de defesa do senador.

Adriano morreu no dia nove deste mês, num sítio em Esplanada, na Bahia, à 170km da capital após reagir uma ação policial. Procurado pela reportagem da Super Rádio Tupi, o vereador Ítalo Pereira Campos disse que não vai se pronunciar.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
08 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »