Brasil

Desgaste pela presidência da Câmara pode fazer Rodrigo Maia trocar Democratas pelo Cidadania ou PSL

'Traição', troca-troca e até impeachment: os bastidores para as eleições na Câmara dos Deputados

Por Pedro Henrique Leite

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Todo brasileiro sabe como funciona a política em Brasília: na base da troca. Mas as barganhas no jogo de xadrez que definirá o próximo presidente da Câmara dos Deputados foi pra lá de movimentado. O que mais chama a atenção é alto índice de traição e até a “vingança” de acatar todos os pedidos de impeachment de Jair Bolsonaro por causa desse toma lá dá cá. É “O Mecanismo”, como diz o jornalista e escritor Vladimir Netto em seu livro de mesmo nome.

Apesar de 8 candidatos ao cargo, na Câmara, a disputa ficou mais concentrada entre os deputados Arthur Lira (PP-AL), que tem o apoio de Jair Bolsonaro; e Baleia Rossi (MDB-SP), candidato do atual presidente da casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). No início da campanha, o Democratas formalizou apoio a Rossi, mas numa reunião realizada nesse domingo (31), na casa de Maia, os ânimos esquentaram.

O presidente da sigla, ACM Neto, disse ao atual comandante da Câmara que o partido mudaria de posição e apoiaria Lira. Enfurecido e considerando o ato como “traição”, Maia ameaçou aceitar um pedido de impeachment contra Bolsonaro. A esquerda fortaleceu o discurso e pediu para que Rodrigo Maia não apenas aceitasse um pedido, mas TODOS os pedidos para o afastamento do presidente Bolsonaro. Por conta disso, o comandante do partido, ACM Netto, até cancelou a oficialização do apoio a Lira, que aconteceria na manhã desta segunda-feira (01). Desgastado, Maia pode estar indo para o Cidadania ou, até, PSL.

A própria esquerda, que não consegue se organizar desde que perdeu o poder e montar uma oposição real, sai ainda mais desentendida. O PSOL não apoiou lira, como praticamente toda a bancada capitaneada pelo PT, e lançou a candidatura própria de Luiza Erundina (PSOL-SP), que na prática tem chances quase nulas de levar o pleito.

Enquanto a esquerda segue se fragmentando – e até se prejudicando -, Arthur Lira ganhou força do próprio DEM e de parlamentares do PSDB. Há quem acredite, inclusive, em vitória no primeiro turno. O pleito será às 19h.

Comentários
enquete

Quem vai levar a melhor na estreia do Carioca?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »