Brasil

João Doria afirma que São Paulo poderá vacinar pessoas de outros estados

Governador paulista também criticou o presidente da República, Jair Bolsonaro

Por Redação Tupi

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

Em entrevista à rádio CBN, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP), afirmou, nesta quinta-feira (22), que São Paulo poderá vacinar pessoas de outros estados quando a vacina, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac e o Instituto Butantã, estiver pronta.

“Seria legítimo e absolutamente correto, além de humanitário, que atendêssemos na vacinação pessoas de outros estados que estivessem aqui ou para cá se dirigissem”, afirmou o governador. “São Paulo nunca fecha as portas a ninguém”.

Durante conversa, Doria aproveitou para criticar a atitude do presidente da República, Jair Bolsonaro, diante da vacina chinesa. Ele chamou Bolsonaro de “notório negacionista”, e ainda o acusou de ter uma “obsessão” por ele e pela sua reeleição em 2022. “É inacreditável que numa pandemia um presidente coloque esse vértice eleitoral e essa obsessão pela sua reeleição e obsessão em relação a mim”, disse o governdor.

“Não foi eu que declarei que era uma gripezinha, não ofereci cloroquina à população e nem à ema do Palácio da Alvorada. Não falei que quem faz isolamento e usa máscara é covarde. Todas essas afirmações são do Presidente Jair Bolsonaro, um notório negacionista, uma pessoa que se notabilizou internacionalmente como negacionista. Eu não faço política com a vacina”, concluiu João Doria.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show da Galera
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »