Brasil

Maia e Guedes revivem projeto que poderia reduzir a carga horário de funcionários públicos

Por corte de gastos, propostas podem alterar Lei da Greve e regra de ouro

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Na manhã desta terça-feira, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, se reuniram com um grupo de deputados para apresentar uma pauta de austeridade paralela à reforma da Previdência.

30 projetos foram distribuídos aos políticos, a maioria jovens, e, entre eles, está a ideia de trazer de volta uma proposta de 2001, que modifica a Lei de Greve e negociação coletiva no serviço público. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com o texto apresentado aos parlamentares, a proposta é “regulamentar o exercício do direito de greve”. O texto diz que “cria mecanismos de responsabilização para evitar a interrupção de serviços essenciais”.

Guedes também endossou o projeto de proposta de emenda constitucional do deputado Pedro Paulo, que cria um gatilho automático de austeridade caso haja risco de descumprimento da regra de ouro – quando as operações de crédito da União não podem ser maiores que as despesas de capital. As medidas incluem propostas como a redução da carga horária dos funcionários públicos.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Botequim do Mister
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »