Conecte-se conosco

Brasil

Moro bloqueia líder de caminhoneiros no Whatsapp após discussão

Grupo tem entre seus membros figuras como Deltan Dallagnol e o senador Álvaro Dias

Publicado

em

(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O ex-ministro da Justiça e ex-juiz Sérgio Moro (Podemos) bloqueou no Whatsapp o líder da greve dos caminhoneiros de 2018, Wanderlei Dedeco. Ele que criou um grupo no aplicativo em apoio à pré-candidatura de Moro à Presidência. Após ter sido criticado, o ex-ministro deixou o grupo.

Nomeado “Apoio ao Sergio Moro”, o grupo tem entre seus membros Deltan Dallagnol e o senador Álvaro Dias (Podemos-PR). Dedeco filiou-se ao Podemos e pretende ser candidato a deputado federal pela sigla.

Imagem do grupo de Whatsapp

(Reprodução / Redes sociais)

Imagem do whatsapp

(Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Imagens do grupo de whatsapp

(Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *