Brasil

Moro orientou por mensagem a Deltan “ficar com 30%” de delação

O ministro afirmou que não reconhece a autenticidade das mensagens

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

O ex-juiz e ministro Sérgio Moro orientou o coordenador da Lava Jato Deltan Dallagnol a “ficar com 30%” da delação da empreiteira Odebrecht. A informação foi divulgada pelo site “The Intercept Brasil”.

O diálogo divulgado é do dia 15 de dezembro de 2016, quando faltava um dia para concluir os depoimentos de executivos da empreiteira. O procurador do MP, Deltan Dallagnol listou o cargo de 372 políticos brasileiros na delação. Em mensagem para o juiz Moro, Deltan informou que cerca de 30% dos casos eram crimes de corrupção, 30% de caixa dois e 40% de uma “zona cizenta” a ser apurada.

Em resposta ao site UOL, a assessoria do ministro Sérgio Moro disse que “os acordos com os executivos da Odebrecht foram homologados pelo Supremo Tribunal Federal e a 13ª Vara Federal de Curitiba só recebeu depois do desmembramento dos termos promovido pelo STF.”

E acrescentou que “o ministro não reconhece a autenticidade de supostas mensagens obtidas criminosamente por hackers, que podem ter sido manipuladas, sendo necessário que o site divulgador apresente o material original para análise de sua integralidade”.

Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »