Brasil

O brincar em tempos de pandemia

Dra. Simone Nascimento explica que a brincadeira é uma atividade essencial e imprescindível na vida do ser humano

Por Redação Tupi

(Foto: Valter Campanato/ Divulgação: Agência Brasil)

O brincar é uma atividade essencial e imprescindível na vida do ser humano, está intimamente ligada à nossa natureza, promovendo o desenvolvimento integral da criança e, é indispensável para um estilo de vida saudável. As brincadeiras proporcionam a criança a oportunidade de aprender regras, limites, rotinas; facilita a socialização, interação e as trocas; favorece a memória, criatividade, compreensão, imaginação e a cooperação; identifica interesses, promove inúmeras habilidades importantes para o desenvolvimento infantil, além de favorecer a autoestima.

Permite o aprendizado, a prática de novas competências, o desempenho dos mais variados papéis, estratégias cada vez mais sofisticadas e elaboradas, trabalha a cooperação com os outros, formula e executa planos, e ao longo do desenvolvimento proporciona ferramentas para que o futuro adulto seja criativo, saiba resolver problemas que possam surgir no seu cotidiano, prepara para futuras atividades de trabalho, auxilia no desenvolvimento de relação de confiança com outras pessoas e, favorece a concentração e a atenção.

É importante destacar que o Crefito-2 vem construindo ações que favoreçam a saúde da população, como por exemplo a atividade do brincar, que além de auxiliar no desenvolvimento corporal e cognitivo, ajuda na socialização e manutenção da união familiar.

“O brincar traz consigo inúmeros benefícios imediatos e a longo prazo, e está presente em todas as fases da vida”, ressalta Dra. Simone Nascimento.

O direito de brincar encontra-se previsto na Constituição Brasileira e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), na Declaração Universal dos Direitos da Criança, aprovada na Assembleia Geral das Nações Unidas em 1959 e fortalecida pela Convenção sobre os Direitos da Criança de 1989, e no Marco Legal da Primeira Infância (Lei 13.257/2016). O brincar para a criança, além de ser um direito, é algo muito importante, onde suas experiências vividas nessa fase deixam marcas profundas, por isso deve ser encarada como algo sério e fundamental para o desenvolvimento. Sua ausência pode ocasionar prejuízos ao desenvolvimento infantil e consequentemente a vida adulta.

O brincar é uma ocupação, um recurso terapêutico valioso e, uma rica ferramenta a ser usada, no entanto, cabe ao terapeuta ocupacional o conhecimento da essência do brincar e suas características, para que possa proporcionar uma gama de experiências e obter os objetivos terapêuticos traçados.

Dra. Simone Nascimento enfatiza que “O brincar é fundamental na infância, é uma atividade espontânea e, gera prazer e aprendizado. O Conselho entende e compreende que o ato do brincar é um componente importante para a saúde da criança, e por isso apoia todas as ações que assegurem a atividade”.

Em tempos de pandemia da COVID-19, as nossas vidas deram uma reviravolta, e para as crianças não foi diferente. Com o distanciamento social obrigatório a forma de brincar precisou ser adaptada em muitos lares brasileiros, seja por falta de espaço ou opção de atividades e/ou brincadeiras. O brincar é sempre uma diversão, proporciona interação e socialização, favorece o fortalecimento do vínculo familiar e afetivo, além de ser uma grande oportunidade para novos aprendizados.

Por sabermos que o brincar é uma linguagem universal para as crianças, são elas que darão o norte para iniciar uma brincadeira ou atividade, o tempo junto em família, nesse período de pandemia, pode ser uma boa oportunidade para permitir a criança a construir, a criar, a montar, a fazer e a experimentar inúmeras brincadeiras, contudo de uma forma diferente, em família! Se permita participar das atividades com as crianças! A vida pode, momentaneamente, estar parada, mas o contato e o convívio familiar não. Portanto, a imaginação e a criatividade são palavras de ordem nesse momento, aos que tiverem quintal em casa, façam atividades ao ar livre e, aos que residem em ambientes pequenos como apartamentos, por exemplo, criem a cada dia atividades criativas e diferentes. Organize uma rotina de atividades, programem junto com as crianças as atividades da semana e divirtam-se!

Se você tiver dificuldade ou dúvidas de como proceder com a rotina nesse período de pandemia da COVID-19, ou de como proporcionar o brincar funcional, procure um Terapeuta Ocupacional.

Comentários
enquete

O combate ao desemprego deve ser prioridade na pandemia?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
09 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »