Brasil

Paciente com câncer em fase terminal receberá alta após tratamento inédito no Brasil

Universidade de São Paulo, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, criou um método brasileiro para aplicar técnica criada nos Estados Unidos

Por Redação Tupi

Vamberto é funcionário público aposentado de BH e sofria de um linfoma terminal — Foto: Hugo Caldato/Hemocentro RP/Divulgação

O mineiro Vamberto, de 62 anos, diagnosticado com um linfoma, câncer no sistema linfático, e com um prognóstico de menos de um ano de vida, receberá alta no próximo sábado. Ele foi submetido a um tratamento contra o câncer inédito na América Latina. O funcionário público deixará o hospital livre dos sintomas do câncer graças a um método 100% brasileiro, criado pela USP-Fapesp, baseado em uma técnica de terapia genética descoberta no exterior e conhecida como CART-Cell. O paciente recebia doses de morfina todos os dias.

Por estar em estágio avançado da doença, já que o tumor tinha avançado para outras partes do corpo, Vamberto pode ser utilizado como um “protocolo de pesquisa”. Os médicos testaram uma nova terapia, até então nunca aplicada no Brasil.

A CART-Cell é uma forma de terapia genética que consiste na manipulação de células do sistema imunológico para combater as células causadoras do câncer. A estratégia desse tratamento é habilitar células de defesa do corpo, chamadas de linfócitos T, com receptores capazes de reconhecer o tumor. O ataque é contínuo e específico e, geralmente, basta uma única dose.

Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »