Brasil

PF cumpre mandatos em endereços ligados a Fernando Pimentel, ex-governador de Minas Gerais

As buscas realizadas na manhã desta segunda-feira fazem parte da Operação Monograma

Por Redação Tupi

As buscas realizadas na manhã desta segunda-feira fazem parte da Operação Monograma
(Foto: Reprodução/ TV Globo)

Na manhã desta segunda-feira, a Polícia Federal (PF) cumpre dois mandados de busca e apreensão, em endereços ligados ao ex-governador de Minas Gerais Fernando Pimentel (PT), como parte das investigações da Operação Monograma, que apura crimes de falsidade eleitoral e práticas de lavagem de dinheiro. Segundo a PF, trata-se de um desdobramento da Operação Acrônimo.

Segundo a PF, as provas obtidas através da delação premiada do empresário Benedito Rodrigues, conhecido como Bené, apontam que os valores recebidos vieram de atuação do ex-governador mineiro em favor de uma empresa do Uruguai. O esquema consistiria em empresas de consultoria, que simulavam a prestação de serviços, em troca do recebimento de vantagens ilícitas, movimentado um montante superior a R$ 3 milhões.

De acordo com Eugênio Pacelli, advogado do ex-governador, um dos mandatos expedidos pela 32ª Zona Eleitoral de Belo Horizonte foi cumprido no apartamento de Pimentel, em um edifício no bairro Serra, região Centro-Sul da capital mineira. Em nota, o defensor afirmou também: “Estranhamos a medida, que se refere a fatos de 2014. E a Operação Acrônimo já adotou todas as medidas possíveis. Estamos contribuindo, colocando tudo à disposição, apesar do excesso que caracteriza essa busca e apreensão”.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
11:00 - Programa Francisco Barbosa
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
08:00 - Programa Roberto Canazio
06:00 - Fala Garotinho
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »