Brasil

PM que ia ‘brincar com os comunas’ será investigado pelo MP-DF

A fala do policial militar Rodrigo Amorim configura "inequívoco discurso de ódio”, de acordo com o Ministério Público do Distrito Federal

Por Redação Tupi

Durante os protestos, em Brasília, contra o corte de 30% no repasse de verba as universidades públicas federais, um policial militar (PM) postou, em sua pessoal no Instagram, que ia “brincar com os comuna”. O agente fez a postagem quando estava a caminho da Praça da Esplanada dos Três Poderes, onde iria realizar o policiamento durante as manifestações. Nesta quinta-feira, o Ministério Público do Distrito Federal (MP-DF) abriu um inquérito para investigar o caso.

Segundo o MP-DF, a fala do policial militar configura “inequívoco discurso de ódio”. Na foto que acompanha postagem, o agente identificado como Rodrigo Jardim aparece fardado, dentro de um ônibus da Polícia Militar, junto com outros policiais. Rodrigo também utiliza de emojis de uma bomba e de uma explosão após a sua frase, além de usar hastags em menção ao 13º Batalhão de Sobradinho e aos 210 anos da PM do Distrito Federal.

Após a repercussão do caso, a Polícia Militar do Distrito Federal afirmou, em nota, que “imagem está sendo analisada”. Já a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal informou, também em nota, que “a postagem do policial militar não condiz com o elevado padrão profissional da Polícia Militar do DF, além de contrariar normas de conduta preconizadas pela SSP/DF”.

 

A fala do policial militar Rodrigo Amorim configura “inequívoco discurso de ódio”, de acordo com o Ministério Público do Distrito Federal
(Foto: Reprodução/ Instagram)
Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show da Galera
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »