Conecte-se conosco

Brasil

Polícia Civil desencadeia operação  após adolescente ameaçar fazer chacina por conta de notas baixas

Ele conversou com outros adolescentes que moram em Minas Gerais e no Pará, locais que foram alvos de busca e apreensão

Publicado

em

Imagem de policiais civis
(Foto: Reprodução / Redes Sociais)
Imagem de policiais civis

(Foto: Reprodução / Redes Sociais)

A Polícia Civil do Espírito Santo deu início a uma operação conjunta em três estados para desarticular o plano de adolescentes que visavam promover um massacre por causa do baixo desempenho escolar. Um garoto de 13 anos arquitetou a morte de colegas e professores a tiros após uma série de notas baixas nos exames.

Ele conversou com outros adolescentes que moram em Minas Gerais e no Pará, locais que foram alvos de busca e apreensão. A busca foi realizada pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Cibernéticos do Espírito Santo.

Brenno Andrade, delegado da DRCC, afirmou que ele “parece ser um rapaz com algum tipo de problema psicológico. Vamos conversar com os pais dele e seguir com as investigações”. O menor ainda disse que se não cometesse o atentado se mataria. O adolescente segue investigado por incitação e apologia ao crime. O caso vai ser encaminhado para a Vara da Infância e Juventude”. A operação desta sexta-feira foi batizada de “Escola Segura”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *