Brasil

Polícia e MP encontram indícios de ‘rachadinha’ no gabinete de Flordelis

Neta e filho da deputada, suspeitos de repassar parte dos salários, foram presos nesta segunda-feira (24)

Por Redação Tupi

(Foto: Cleia Viana / Câmara dos Deputados)

A Polícia Civil e o Ministério Público do RJ encaminharam à Procuradoria-Geral da República e à Câmara dos Deputados indícios da prática de “rachadinha” no gabinete da deputada federal Flordelis. O esquema consiste no repasse de parte do salário recebido por funcionários, servidores ou prestadores de serviço a um político. Os agentes também verificaram a existência de nepotismo no gabinete da parlamentar.

O delegado Alan Duarte, titular da delegacia de homicídios de Niterói, conta que o esquema da rachadinha envolvia Rayane dos Santos, neta de Flordelis e Carlos Ubiraci, um dos filhos da deputada.

“A Rayane foi para Brasília com a promessa de ganhar R$ 15 mil para atuar como assessora parlamentar. Nós temos documentação de que ela estaria recebendo apenas R$ 2.500. Nós também consultamos os valores de Carlos Ubiraci, que está preso, e chegamos a R$ 12 mil oficialmente, quando, na verdade, nós sabemos que ele estava recebendo R$ 4.500”, disse.

Rayane e Carlos já estão presos por envolvimento na morte do pastor Anderson do Carmo. Nesta segunda Flordelis foi denunciada e apontada como a mandante do assassinato. A operação do ministério público e polícia civil cumpriu nove mandados de prisão contra envolvidos no crime.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »