Brasil

STJ quer ouvir família de Marielle sobre federalização de investigação

Pais da vereadora se manifestaram contra a saída do âmbito estadual

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

A ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Laurita Vaz pediu, nesta segunda-feira, que familiares da vereadora Marielle Franco se manifestem sobre o pedido de federalização da investigação de assassinato da parlamentar e seu motorista, Anderson Gomes.

A ex-procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu ao STJ que as investigações sejam retiradas do âmbito da Justiça estadual e passem a ser conduzidas pela Justiça Federal por supostas irregularidades no caso.

Já os pais da vereadora Marielle se manifestaram contra a federalização, solicitada após a procuradora analisar a tentativa de obstrução das investigações.

Dodge ainda apresentou denúncia no STJ contra o conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ) Domingos Brazão, o delegado da Polícia Federal Hélio Kristian e mais quatro pessoas. De acordo com a procuradoria, todos tentaram atrapalhar as investigações.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »