Brasil

TJRJ determina que Bolsonaro pague multa ao deputado Jean Wyllys e honorários de advogado

Assim que receber a notificação, presidente terá 15 dias para pagar R$ 2,6 mil ao ex-deputado e ao seu advogado

Por Redação Tupi

(Divulgação: Agência Brasil)

A Justiça do Rio deu prazo de 15 dias para que, assim que receber a notificação, o presidente Jair Bolsonaro pague R$ 2,6 mil ao ex-deputado Jean Wyllys e ao advogado Lucas Mourão. A determinação faz parte de um processo de 2017, no qual Bolsonaro processou Jean Wyllys e requereu uma indenização de R$ 22 mil por danos morais.

Na época, Bolsonaro moveu a ação alegando que Jean Wyllys o chamou de “boquirroto”, “fascita” e “nepotista”. A informação foi revelada na coluna do jornalista Ancelmo Góis, do jornal O Globo, neste domingo (9). O caso foi determinado pelo juiz Leonardo de Castro Gomes, da 47ª Cível do Tribunal de Justiça do Rio.

O Tribunal de Justiça do Rio ainda não deu procedente a reclamação do presidente, e negou o pedido. Com isso, Bolsonaro acabou condenado a pagar multas pelos embargos apresentados e terá que repassar 10% da causa, a título de honorário ao advogado de Jean Wyllys.

O presidente não pode mais recorrer da ação.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »