Brasil

Witzel tenta evitar retaliações políticas e econômicas após racha com Bolsonaro

Relação entre Wilson Witzel e Jair Bolsonaro ficou prejudicada após vazamentos de informações do 'Caso Marielle'

Por marco antonio de jesus

Wilson Witzel e Jair Bolsonaro. Foto: Montagem/ Reprodução Redes Sociais

Aliados do governador Wilson Witzel (PSC) tentam evitar que o racha com a família Bolsonaro dê início a retaliações políticas e econômicas à sua gestão no Rio. Após o presidente Jair Bolsonaro acusar Witzel de vazar informações sigilosas nas investigações do caso Marielle, a relação entre os dois se deteriorou e o troco é esperado no Palácio Guanabara.

Interlocutores medem a temperatura da Assembleia Legislativa do Rio, onde a fragilização da base do governador, que conta com deputados do PSL, pode abrir caminho até a uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o suposto vazamento. A possibilidade de o Rio não conseguir se manter no Regime de Recuperação Fiscal, negociado com a União, também cresceu na última sexta-feira depois de o Conselho de Supervisão Fiscal recusar a proposta de adequação do estado. As conversas passam pelo Ministério da Economia, mas a palavra final é da Presidência.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »