Brasil

Credibilidade das vacinas é menor entre homens e jovens

O estudo fez um mapa do impacto das notícias falsas em vacinas

Por Marcos Antonio de Jesus

 

Foto: Divulgação

Uma pesquisa feita pela organização não governamental Avaaz, em parceria com a Sociedade Brasileira de Imunizações, mostra que a credibilidade das vacinas é menor entre homens e jovens de 16 a 24 anos. O estudo fez um mapa do impacto das notícias falsas em vacinas e contou com um questionário domiciliar em que o Ibope ouviu 2002 pessoas, entre os dias 19 e 22 de setembro, em todas as regiões do país.

Segundo a pesquisa, 54% dos brasileiros consideram as vacinas totalmente seguras, e 31% avaliam que elas são parcialmente seguras. Para 8%, elas são parcialmente inseguras, e 6% responderam que elas são totalmente inseguras. A soma dos três últimos grupos mostra que 45% dos brasileiros têm algum grau de insegurança em relação às vacinas. Um percentual de 2% não respondeu ou não soube opinar.

Entre os homens, cai para 49% o percentual dos que consideram as vacinas totalmente seguras, e os outros três grupos somam 48%. Em relação à faixa etária, a situação que mais preocupa é a entre os jovens de 16 a 24 anos, já que 45% vêem as vacinas como totalmente seguras e 53% têm algum nível de insegurança.

O questionário mostra que 61% dos entrevistados já receberam fake news sobre vacinas nas redes sociais, sendo que 9% disseram que essas mensagens chegam todos os dias ou quase todos os dias. Entre os que declararam considerar as vacinas parcialmente inseguras, 72% disseram ter recebido notícias negativas por redes sociais. E, entre os que disseram que elas são totalmente inseguras, esse percentual é de 59%.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Dezembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »