Ciência e Saúde

Prefeitura do Rio lança central de consultas médicas por videoconferência

Intitulado de Telessaúde Rio, serviço tem capacidade para até 10,5 mil atendimentos mensais

Por Redação Tupi

Intitulado de Telessaúde Rio, serviço tem capacidade para até 10,5 mil atendimentos mensais
(Foto: Rhavinne Vaz / Prefeitura do Rio)

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), lançou, nesta segunda-feira, a central de atendimento médico virtual Telessaúde Rio, serviço inovador que ampliará o acesso à saúde no município por meio da tecnologia. Pacientes que tiveram o acompanhamento médico afetado pela quarentena, durante a pandemia da Covid-19, ou mesmo aqueles com dificuldade de acesso por estarem em áreas de risco, poderão continuar com suas consultas de rotina, agora por videoconferência.

“A consulta presencial é um momento único e jamais será substituída pela ligação telefônica. Porém, o acompanhamento em momentos difíceis, como o de pandemia, isso sim, pode ser feito. Vinte médicos estão hoje aqui inaugurando esse trabalho que tenho certeza vai ajudar muito nosso povo neste momento. O afastamento social diminuiu o grau de infecção, mas aumentou a gravidade dos pacientes crônicos que deixaram de fazer exame e deixaram de fazer o acompanhamento”, disse o prefeito, durante o lançamento do serviço no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro.

Crivella destacou que o Telessaúde Rio ganhou inclusive o apoio dos médicos do CREMERJ (Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro). “Com esse importante apoio, vamos prestar extraordinários serviços”, acrescentou o político.

Mais próximos da população

Voltado para a atenção primária, esse tipo de atendimento é justamente o que mais precisa de qualificação diante da pandemia, como explicou a secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch: “São 89 médicos já contratados e que atenderão em turnos. Temos capacidade para fazer 10,5 mil consultas por mês, nas quais o paciente pode conversar com o médico e tem a oportunidade de rever sua receita, verificar suas prescrições e até de receber no seu celular a prescrição para retirada da medicação em farmácias públicas e privadas por meio de QR Code. Estamos amparados pela legislação, que é recente, mas que nos traz a esperança de alcançar quem mais precisa”.

A central de telemedicina que começa a funcionar nesta segunda-feira, contará com até 20 médicos especialistas em medicina de família e comunidade por turno. O serviço funcionará de segunda-feira a sábado, das 8 às 20 horas. Os médicos trabalharão em um espaço integrado à Central Municipal de Regulação, em turnos de seis horas.

Como acessar o Telessaúde Rio?

Para ter acesso ao serviço o usuário deve estar cadastrado no Portal Identidade Carioca e entrar no endereço http://agenda.saude.rio, utilizando o usuário e senha do portal. Se não tiver cadastro, será direcionado ao link para cadastramento. Deve ter um computador ou celular com acesso a internet.

As consultas serão agendadas pelo site da Prefeitura do Rio. Na data e horário marcados, o usuário fará o contato com o médico por meio da plataforma disponível no site. O objetivo da iniciativa é oferecer cuidado a pacientes que tiveram seu acompanhamento afetado pela restrição que suspendeu o atendimento de caráter eletivo e ambulatorial desde o início da pandemia por conta do novo coronavírus.

A proposta é que o serviço ultrapasse a média de 1.300 consultas semanais, com possibilidade de emissão de receitas, laudos e solicitações de exames, todos com certificação digital, garantindo a segurança dos pacientes.

“A telemedicina será feita com responsabilidade e buscando a garantia de continuidade dos serviços oferecidos pela Atenção Primária, de forma complementar e nunca substitutiva. Este pode ser um grande avanço para a oferta de cuidado à população, podendo ser um serviço incorporado às clínicas da Família e Centros Municipais de Saúde”, avaliou o coordenador do projeto, o médico de família e comunidade Leonardo Graever, assessor especial da Secretaria Municipal de Saúde.

O padrão da assistência virtual seguirá recomendações e protocolos do Conselho Federal de Medicina e do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro, que zelam pelas boas práticas no exercício do serviço de telemedicina.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Isabele Benito
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »