Ciência e Saúde

Thiago Carvalho explica como funciona procedimento de rinomodelação

Especialista em orafacial dá detalhes do procedimento

Por Redação Tupi

(Divulgação)

Trata-se de uma técnica de preenchimento, como qualquer outra porém com angulação diferenciada. “Basta enxergar o que um pequeno volume no lugar certo pode fazer e nas mãos de médicos experientes o resultado será semelhante a de um rinoplastia”, afirma Thiago Carvalho, o professor doutorando especialista em Orofacial.

 

O que é a Rinomodelação?

Técnica de preenchimento nasal que visa corrigir imperfeições do contorno nasal ou mesmo corrigir defeitos de rinoplastias anteriores.

 

Tenho como saber como vai ficar?

Algumas vezes lançamos mão da simulação com sorofisiológico, onde injetamos no lugar do produto o sorofisiológico para que o paciente verifique imediatamente o que o preenchimento pode fazer. Alguns minutos depois o soro será absorvido e o resultado se perderá.

Não recomendo que o procedimento seja feito em seguida, pois parâmetros de volume serão perdidos com o edema do nariz.

 

Como é feita?

Após a consulta, com o entendimento do desejo do paciente, avaliamos o contorno e o perfil da face. Alguns pontos serão escolhidos e a substância preenchedora é aplicada com o uso de anestesia local.

Algumas vezes pode ser necessária mais de uma aplicação, principalmente em pacientes com pele resistente e que exijam mais volume, já que não devemos injetar com muita pressão e sempre em pequenos volumes. Após o procedimento deixamos um curativo com a finalidade de modelar e manter o produto bem posicionado e sem edema. Orientamos não manipular o nariz.

 

Quais os materiais podem ser usados no preenchimento nasal?

Substâncias absorvíveis (mais seguras)

Ácido hialurônico

Hidroxiapatita de cálcio

Substâncias inabsorvíveis

PMMA

Metacrilato

Quanto tempo dura?

Em torno de 12 meses (os absorvíveis)

 

Quais os riscos?

Como todo procedimento, a rinomodelação não está isenta de complicações. Entre elas a infecção e a mais temida, a oclusão de vasos com a necrose de tecidos. Por isso a importância de realizar com um médico capacitado que poderá conduzir uma complicação corretamente.

 

Preciso me afastar do trabalho?

Não.

 

Quais as indicações?

Pacientes insatisfeitos com o perfil nasal e que não desejam realizar uma rinoplastia, mas estejam conscientes do resultado na rinomodelação.

Pacientes que apresentam pequenos defeitos de uma rinoplastia prévia.

A rinomodelação é uma técnica de preenchimento de nariz que também é conhecida como bioplastia nasal. Conheça as indicações e como é feita!

O nariz sempre teve uma participação expressiva entre os procedimentos estéticos mais realizados e além da rinoplastia, cirurgia de correção definitiva, os pacientes também podem beneficiar-se da rinomodelação, procedimento que antigamente era chamado de bioplastia nasal e voltou a tona com um novo nome.

O tratamento de rinomodelação consiste em uma técnica de preenchimento, como qualquer outra, destacando, portanto, que os efeitos podem ser temporários de acordo com a substância usada.

Basta enxergar o que um pequeno volume no lugar certo pode fazer e nas mãos de médicos experientes o resultado será semelhante ao de uma rinoplastia. Confira a seguir como é feita a bioplastia nasal e outros detalhes da rinomodelação.

 

O que é a rinomodelação?

A rinomodelação, também chamada de bioplastia nasal, é uma técnica de preenchimento de nariz que visa corrigir imperfeições do contorno nasal ou mesmo corrigir defeitos de rinoplastias anteriores.

A principal indicação da técnica é quando a insatisfação do paciente está relacionada a problemas de formato do nariz. O procedimento ainda pode apresentar resultados satisfatórios em relação à projeção da ponta.

Demandas mais complexas, como saliência do osso nasal exagerada ou largura do mesmo, exigirá a realização de uma rinoplastia de fato, pois será necessário fraturar o osso do nariz para que os resultados almejados sejam obtidos. No entanto, o preenchimento de nariz é útil em diversas situações.

 

Tenho como saber como vai ficar?

Algumas vezes lançamos mão da simulação com soro fisiológico, na qual injetamos no lugar do produto o soro fisiológico para que o paciente verifique imediatamente o que o preenchimento pode fazer. Alguns minutos depois o soro será absorvido e o resultado se perderá.

Não é recomendado que o procedimento seja realizado logo na sequência, pois os parâmetros de volume serão perdidos com o edema do nariz decorrente da simulação.

Algumas vezes pode ser necessária mais de uma aplicação, principalmente em pacientes com pele resistente e que exijam mais volume. Esse cuidado se deve ao fato de que não se deve injetar com muita pressão e sempre em pequenos volumes, dividindo as sessões do procedimento.

Após o procedimento é colocado um curativo com a finalidade de modelar e manter o produto bem posicionado e sem edema. Portanto, apesar de receios sobre como é feita a bioplastia nasal, a técnica é rápida e praticamente indolor, no entanto, o paciente não deve manipular o nariz inicialmente para não perder os resultados obtidos.

 

Quais os materiais usados no preenchimento de nariz?

O preenchimento de nariz pode ser realizado com diferentes substâncias que podem apresentar resultados mais ou menos naturais. A escolha também impacta a segurança do procedimento e permanência dos resultados. Confira quais são as substâncias usadas na rinomodelação e quais as vantagens e desvantagens de cada uma.

Substâncias absorvíveis (mais seguras) ácido hialurônico: substância produzida naturalmente pelo organismo e que tem a produção reduzida com o avançar da idade. Devido a isso, o uso é muito seguro sendo utilizada também nas técnicas de preenchimento facial; hidroxiapatita de cálcio: consiste em um composto absorvível pelo organismo com as mesmas características de dentes e ossos humanos, sendo que os principais componentes são o fosfato e cálcio;

 

Substâncias inabsorvíveis

PMMA (polimetilmetacrilato, metacril ou metacrilato): é uma substância que apresenta mais riscos de ser usada em preenchimento de nariz e atualmente é menos usada. Quando aplicado, o PMMA provoca uma reação micro-inflamatória que envolve as partículas do polímero e causa a formação de um tecido o envolvendo, mantendo a substância fixa e impedindo a absorção pelo organismo, de forma que o resultado é definitivo.

As diferentes opções de substâncias a serem usadas na rinomodelação não impactam como é feita a bioplatia nasal. Pode ocorrer uma alteração no procedimento quando optar-se por um procedimento associado, como a lipoaspiração.

 

Qual a duração dos resultados?

A duração dos resultados depende também do tipo de substância que é utilizada na bioplastia nasal, no entanto, é comum que os resultados tenham duração de 12 meses para o caso de substâncias absorvíveis. Já o uso do PMMA permite obter um resultado definitivo.

 

Quais os riscos do Slim Nose?

Como todo procedimento, a rinomodelação não está isenta de complicações. Entre elas a infecção e a mais temida, a oclusão de vasos com a necrose de tecidos. Por isso a importância de realizar a técnica com um médico capacitado que poderá conduzir uma complicação corretamente.

Em geral, para a realização da rinomodelação não é necessário que o paciente se afaste do trabalho ou tenha a rotina alterada após o procedimento. No entanto, é recomendado evitar a exposição solar e não fazer massagens no nariz nos primeiros dias depois de realizada a técnica.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »