Brasil

Vacina da Johnson & Johnson vai ser testada no Distrito Federal

Os testes devem começar no dia primeiro de outubro

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Freepik)

A farmacêutica Johnson & Johnson começou a receber, nesta segunda-feira, em Brasília, inscrições de interessados no voluntariado da pesquisa em humanos da nova vacina contra a Covid-19. Ao todo, 800 moradores da capital e do Entorno devem ser vacinados com o produto, produzido pelo laboratório Janssen e coordenado pelo L2iP Instituto de Pesquisas Clínicas.

Os testes devem começar no dia primeiro de outubro. Diferentemente do outro teste semelhante que está em andamento no distrito Federal, neste qualquer morador acima de 18 anos pode se candidatar para receber uma dose da imunização estudada. Eles não precisam ser profissionais da saúde.

Para isso, é necessário se inscrever no site do instituto. Os voluntários, que serão divididos em dois grupos: de 18 a 59 anos, e acima de 60. Eles vão ser colocados em mais dois subgrupos, de pessoas saudáveis e portadores de doenças crônicas, desde que compensadas. A ideia é testar a eficácia da imunização em pessoas saudáveis e com doenças pré-existentes, com uma dose única.

Após a vacinação, os voluntários vão passar por avaliações diárias e exames periódicos. “Depois de 28 dias da vacinação, vamos realizar um novo teste sorológico para verificar se o paciente criou anticorpos produzidos pelo organismo. Depois, os testes vão ser realizados em mais dois períodos.

Os testes clínicos das fases 1 e 2 foram realizados com sucesso em cerca de mil pessoas nos Estados Unidos e na Bélgica.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »