Coronavírus

Polícia Militar registra duas mortes por suspeita de coronavírus

Primeira morte em decorrência da Covid-19 dentro da corporação foi confirmada na última segunda-feira

Por Amanda Ribeiro

Mais dois PMs morreram por suspeita de coronavírus no Rio.

A primeira vítima, sargento Diógenes Moreno Escolastico, de 43 anos, era lotado no Batalhão de Bangu. De acordo com a PM, ele ficou internado no Hospital Central da PM e morreu nesta quarta-feira por conta de enfermidades respiratória. Antes morrer, Diógenes Moreno enviou a familiares um áudio relatando como estava se sentindo.

O sargento deixa mulher e duas filhas. Por meio das redes sociais, agentes do décimo sétimo Batalhão lamentaram o falecimento.

A segunda morte foi do tenente aposentado Sérgio Accioli de Souza Magalhães, de 58 anos. O agente fez parte do quadro do Batalhão da Ilha do Governador durante longo período e recebeu homenagens de agentes nas redes sociais. O tenente da reserva deixa esposa e dois filhos.

A corporação aguarda resultado de exames para confirmar se os dois óbitos foram provocados pela doença.

Na última segunda-feira, a Polícia Militar confirmou a primeira morte em decorrência da Covid-19 dentro da corporação. A vítima foi a sargento Carla Nascimento Dias, de 46 anos, que trabalhava como técnica de enfermagem no Hospital Central da Polícia Militar.

 

 

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »