Brasil

Dívida pública federal atinge R$ 4,21 trilhões em novembro

Cenário externo e contexto doméstico favorável influenciaram resultados do período

Por Redação Tupi

(Foto/Divulgação)

A Dívida Pública Federal apresentou aumento, em termos nominais, de 2,05%, passando de R$ 4,12 trilhões, em outubro, para R$ 4,21 trilhões, em novembro. Os números foram divulgados em coletiva de imprensa nesta sexta (20). Esta variação deveu-se à emissão líquida, no valor de R$ 49,54 bilhões, e pela apropriação positiva de juros, no valor de R$ 35,03 bilhões.

O coordenador de operações da Dívida Pública, da Secretaria do Tesouro Nacional, Roberto Lobarinhas, apresentou o resultado e destacou que o cenário internacional foi desafiador. “Tensões relacionadas à guerra comercial e protestos na América Latina elevaram a percepção de risco de países da região”, destacou.

As taxas de emissão da Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) subiram em novembro, com o cenário externo mais adverso. O estoque foi ampliado em 1,71%, ao passar de R$ 3.966,13 bilhões para R$ 4.033,91 bilhões, devido à emissão líquida, no valor de R$ 41,81 bilhões, e pela apropriação positiva de juros, no valor de R$ 25,96 bilhões.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Isabele Benito
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »