Brasil

Mulheres chefes de família vão continuar recebendo ‘Auxílio Emergencial’ em dobro

Pelas regras do governo, mães solteiras ou mulheres chefes de família poderão receber o auxílio em dobro

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

As mulheres provedoras da família que recebem o “Auxílio Emergencial”, e tinham R$ 1.200 como remuneração, vão continuar a receber a ajuda em dobro, de acordo a Medida provisória publicada nesta quinta-feira, no Diário Oficial da União, que traz as regras do benefício prolongado até o mês de dezembro, no valor de R$ 300.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou que o programa emergencial para ajudar a população que teve a renda afetada pelas medidas restritivas por causa da pandemia seria prorrogado até dezembro, mas que o valor seria reduzido à metade. Conforme a lei do auxílio aprovada pelo Congresso Nacional e a MP, o recebimento dos valores está limitado a duas cotas por família.

Pelas regras do governo, mães solteiras ou mulheres chefes de família poderão receber o auxílio em dobro, ou seja R$ 600 por parcela. O Ministério da Cidadania, responsável pelo programa, ainda não decidiu o calendário dos novos repasses e também não vai reabrir as inscrições para o programa, que foram finalizadas em 2 de julho.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »