Economia

Relatório do FMI defende manutenção do Bolsa Família e diz que reforma da Previdência não é solução

Segundo diretores do fundo, os investimentos públicos e programas sociais são essenciais para superar “os legados de baixo crescimento econômico e aumento do déficit público”

Por Redação Tupi

De acordo com os diretores do FMI, os investimentos públicos e programas sociais são essenciais para superar “os legados de baixo crescimento econômico e aumento do déficit público” dos últimos anos no Brasil
(Foto: Reprodução)

Na noite da última terça-feira, o Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou um relatório em que fez recomendações ao Brasil para manter os gastos com o programa Bolsa Família. No texto, o conselho executivo do órgão “enfatiza a necessidade de se proteger os investimentos públicos e a efetividade dos programas sociais”, dentre eles o Bolsa Família, com o intuito do país recuperar o ritmo de crescimento.

O órgão ainda alertou no relatório que “a reforma da Previdência é necessária, mas não é suficiente para a sustentabilidade fiscal”. De acordo com os diretores do FMI, os investimentos públicos e programas sociais são essenciais para superar “os legados de baixo crescimento econômico e aumento do déficit público” dos últimos anos no Brasil.

“Medidas adicionais são necessárias para (o Brasil) se adequar ao teto de gastos e estabilizar suas dívidas”, afirma os diretores do fundo. O diagnóstico prossegue: “Ao mesmo tempo em que se persegue a consolidação fiscal, é essencial proteger os programas sociais, incluindo o Bolsa Família, e dar suporte aos investimentos públicos”.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »