Educação

40% dos alunos da Faetec não conseguem acessar conteúdo digital durante pandemia

A direção da instituição de ensino deixou claro que não há perspectiva de retorno às aulas presenciais, inicialmente previstas para outubro

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação/Faetec

Mesmo após seis meses de suspensão das aulas presenciais, 40% dos alunos da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) ainda não têm acesso ao material pedagógico online. O dado é de um levantamento da própria instituição, divulgado nesta sexta-feira (12) durante audiência pública virtual na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

A direção da instituição de ensino deixou claro que não há perspectiva de retorno às aulas presenciais, inicialmente previstas para outubro.

“De abril a julho, 60% dos alunos tiveram acesso à plataforma Cecierj, responsável pela disponibilização do material pedagógico para os ensinos fundamental, profissional técnico e superior. Semanalmente são disponibilizados materiais pedagógicos e quem não tem acesso à plataforma digital recebe tudo impresso”, afirmou a professora vice-presidente Educacional da Faetec, Leila Antunes.

Dirigentes de unidades, lideranças sindicais e representantes dos estudantes relataram que a falta de infraestrutura tem prejudicado tanto ensino remoto quanto o planejamento de um eventual retorno ao presencial.

Ainda na comissão, integrantes dos grêmios estudantis relataram irregularidade na distribuição de cestas básicas e cobraram acesso ao vale-transporte. Alguns alunos disseram não ter como buscar material impresso por falta de dinheiro para a passagem. “Não temos nenhuma estrutura para estudar.Eu faço enfermagem, então não aprendi nada esse ano. Não consigo ter acesso aos materiais. Como pensar em Enem. Além disso, ninguém pensa na nossa saúde mental. Não há como retomar o ano letivo esse ano”, disse Sarah Cristina, aluna de enfermagem do Escola Técnica Estadual (ETE) República.

As comissões envolvidas no reunião pediram que a Faetec envie, o mais rápido possível, um relatório contendo um detalhamento sobre os fornecimentos de materiais pedagógicos impressos e digitais. O objetivo é analisar medidas que o Poder Legislativo possa tomar para assegurar a melhoria do acesso à educação, além do pagamento de bolsas, regularização de cestas básicas e outros problemas apontados. Também se comprometeram a cobrar do governo o repasse da verba destinada ao vale-transporte aprovada para o orçamento da fundação.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »