Celebridades

Diretor de filme sobre Flordelis diz se sentir enganado pela pastora: ‘Tudo não passava de uma mentira’

Lançado em 2009, o longa narrou a história tocante da mãe adotiva de 44 filhos e contou com um elenco estrelado, repleto de atores globais

Por Redação Tupi

Lançado em 2009, o longa narrou a história tocante da mãe adotiva de 44 filhos e contou com um elenco estrelado, repleto de atores globais
(Foto: Reprodução)

Responsável por dirigir um filme em homenagem a deputada federal e pastora Flordelis, Marco Antônio Ferraz se declarou arrependido e enganado por ela. Lançado em 2009, “Flordelis – Basta Uma Palavra” narrou a história tocante da mãe adotiva de 44 filhos e contou com um elenco estrelado, de nomes como Reynaldo Gianecchini, Alinne Moraes, Cauã Reymond, Fernanda Lima, Rodrigo Hilbert, Bruna Marquezine, Letícia Spiller, Deborah Secco, Marcello Antony e Sergio Marone. Todos participaram sem cobrar cachê, alguns até investiram do próprio bolso na produção, tudo para contar a história da mulher favelada, que retirava crianças do tráfico e as adotava como mãe.

“Me arrependo. Se fosse hoje, jamais teria feito esse filme. Não sou cineasta. Sou um contador de histórias e o que contei foi uma mentira diante dos fatos que conhecemos agora. Estou dilacerado, me sinto enganado. É como se não pudesse confiar em ninguém”, relatou Ferraz, em entrevista ao jornal Extra.

Editor de moda como profissão, Marco Antônio Ferraz conheceu a história de Flordelis através de uma matéria sobre ela no extinto programa TV Xuxa (2005-2014). “Estava indo viajar e na volta liguei para a Solange, irmã da Xuxa, e ela me ajudou com o contato. Quando conheci Flordelis e sua história, veio a vontade de tornar aquilo público num livro ou documentário”, recordou.

O projeto do filme aproximou, na época, Ferraz e Flordelis, que afirmava ser uma serva de Deus em uma missão de resgate. Nos bastidores da produção, o pastor Anderson do Carmo, que já era casado com ela, cuidava da produção executiva da película. “Ele era louco por ela. Fazia qualquer coisa que ela quisesse ou mandasse”, destaca o diretor.

“Ele me perguntou o que eu queria que ela vestisse para a pré-estreia, e eu disse para contratar um personal stylist. Ele não quis. Pediu que eu comprasse um vestido chique, que dinheiro não seria um problema. Fomos a uma loja de grife e pagamos R$ 2 mil num vestido. Foi um sonho realizado ver aquela mulher, que saiu do morro, ali, chiquérrima e linda. E no fim das contas, tudo isso não passava de uma mentira”, relembrou Ferraz.

Na última segunda-feira (24), a Polícia Civil concluiu o inquérito que apontou Flordelis como a mandante do assassinato do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo. Nove pessoas, sendo sete filhos e uma neta da deputada federal, foram presos pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí por participarem do crime. Já a pastora e parlamentar, acusada de manipular os filhos para matar Anderson, irá aguardar a abertura de processo no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »