Celebridades

Lucélia Santos diz que sofre por ser de esquerda: ‘Sou perseguida há muitos anos’

Em Portugal, a atriz ainda defendeu um boicote do país lusitano ao Brasil: "Essa é a única linguagem que se pode entender porque é a linguagem do capital"

Por Redação Tupi

Em Portugal, a atriz ainda defendeu um boicote do país lusitano ao Brasil: “Essa é a única linguagem que se pode entender porque é a linguagem do capital”
(Foto: Reprodução)

A atriz Lucélia Santos, conhecida por ter protagonizado as primeiras versões de “Escrava Isaura” (TV Globo-1976) e “Sinhá Moça” (TV Globo-1986), se mudou recentemente para Portugal, onde integrará o elenco de “Na Corda Bamba”, próxima novela da TVI. Em entrevista a um programa local, Lucélia afirmou ter sido perseguida no Brasil devido a sua posição política.

“Sou perseguida há muitos anos. Eu sempre tive uma posição de esquerda, assumidamente. Sempre tive do lado dos trabalhadores e das populações mais afetadas”, desabafou. Lucélia Santos ainda continuou criticando a atual situação política e econômica em que o Brasil se encontra, a qual considera a “pior desde a ditadura militar”.

De acordo com a atriz: “É um retrocesso civilizatório, uma coisa inexplicável. Todo o dia no Brasil você acorda e acha que está vivendo um pesadelo. Só que você acorda e está dentro do pesadelo, porque ele (Bolsonaro) não passa. E a cada dia as notícias vão piorando. É um desrespeito total às instituições, à constituição, inclusive. A grande meta no Brasil hoje é defender a democracia, que está frágil. A gente está debaixo das botas dos militares, inclusive com relação ao Supremo Tribunal Federal. Isso é uma crise institucional e quase constitucional. O país está completamente dividido desde 2013, desde que o Aécio Neves perdeu a eleição pra Dilma. Naquele momento, o país ficou dividido na metade”.

Lucélia ainda se queixou da falta de consciência ambiental no país: “O Brasil é o país que tem o maior potencial ambiental do planeta hoje. Talvez junto com o continente africano e a Austrália. Nós temos a maior floresta tropical úmida do mundo, que é a Floresta Amazônica, e eles querem destruir tudo. Eu sou uma defensora da Amazônia há mais de 30 anos, dos bichos, da fauna, da flora e dos povos da floresta – seringueiros, caboclos, índios” .

Ainda durante a entrevista, a eterna Isaura aproveitou para sugerir que Portugal faça um boicote: “Acho que vocês podem nos ajudar. Tem que boicotar todos os que querem destruir a floresta: as empresas, os produtos. Não comprar mais. Isso é uma forma séria de dar um basta. Esse produto está comprometido com a destruição da floresta, que implica na destruição do clima, da humanidade… Boicota, rompe contrato, não compra. Essa é a única linguagem que se pode entender porque é a linguagem do capital”.

Comentários

enquete

Fluminense tem chances de avançar na Libertadores da América?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »