Celebridades

Pepê e Neném têm bilheteria de peça retida pela Justiça

A ação é para cobrir dívidas das cantoras em um processo movido pela ex-empresária das artistas

Por Redação Tupi

A Justiça expediu um mandado pedindo a penhora de bens das cantoras Pepê e Neném. A decisão da juiza Edna Kyoko Kano determina que parte da bilheteria da peça destinada à dupla seja confiscada, como parte de pagamento da dívida que as irmãs têm com a Justiça. A informação foi divulgada pela coluna de Fábia Oliveira.

A ação faz parte de um processo movido pela ex-empresária da dupla, Angélica Capelete, que pedia em 2014 R$ 74.204,56 pela multa de rescisão do contrato não pago na ocasião, além de outros valores relacionados à captação de trabalho para as artistas, que hoje somam mais de R$ 81 mil.

As artistas Pepê e Neném tiveram suas contas bancárias bloqueadas pela Justiça, devido ao processo, em junho. Elas perderam em segunda instância e foram condenadas a pagar. Como não houve o pagamento, a Justiça bloqueou as contas, como uma das formas de execução da condenação.

Com a falta de dinheiro em conta, os bens estão sendo penhorados. Já Pepê está em cartaz com ‘Procura-se Uma Virgem’, no Teatro Shopping West Plaza, em São Paulo. A peça estreou no último dia 5, somente para convidados, e terá sessões todas segundas-feiras com arrecadação na bilheteria, até 30 de setembro.
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Fevereiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Bola em Jogo
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »