Celebridades

‘Tem um santo que deve ajudar’, diz Fátima Bernardes sobre estreia no JN

Jornalista apresentou o telejornal entre 1998 e 2011

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

Fátima Bernardes relembrou um perrengue que passou durante uma entrada ao vivo no Jornal Nacional.

Para o programa “Cada Um No Seu Quadrado”, do Globoplay, a apresentadora contou que um temporal no Rio de Janeiro a colocou em uma situação tensa diante de Cid Moreira, na ocasião, âncora do telejornal.

“Era uma época que tava chovendo demais no Rio, e a Praça da Bandeira enchia. […] Aí fiz um flash de chuva pro RJTV, que ficou legal, e me falaram assim: ‘Fátima, ficou ótimo! Fica aí que você vai entrar no Jornal Nacional ao vivo. E isso eu começando, meu primeiro ano lá”, disse Fátima, explicando como conseguiu o convite para o jornal mais importante do canal.

A jornalista afirmou que a intensidade da chuva quase fez com que a oportunidade fosse por água abaixo, já que o roteiro da reportagem ficou completamente molhado.

“Peguei meu papel, peguei a caneta, e lá fui eu escrevendo o texto que eu ia falar. Dobrei e botei no bolso da capa. Parecia um pato, estava toda molhada. Aí, pertinho da hora, eu tirei: gente, aquela caneta pilot borrou toda, não tinha uma palavra escrita naquilo. Aí eu falei: ‘Ferrou’. Tem um santo que deve ajudar repórter em início de carreira, porque eu comecei a falar sobre a chuva e o câmera pegou uma pessoa saindo de um carro na enchente, com roupa de festa. Eu fui narrando aquilo e deu uma história e tanto”, lembrou Fátima, que apresentou o Jornal Nacional entre 1998 e 2011.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
01 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »