Esportes

Andrade sobre o racismo no futebol: “Não tem diretor ou treinador, só tem espaço para jogador negro”

Ídolo do Flamengo se posicionou sobre os fatos recentes do futebol e atos contra o racismo em todo o mundo

Por Marcos Coelho

Foto: Divulgação (Flamengo).

O combate ao racismo virou pauta principal em todos os jornais após a morte brutal do norte-americano George Floyd. A repercussão foi além do noticiário jornalístico, indo aos campos de futebol, com diversas equipes fazendo algum tipo de manifestação e jogadores prestando homenagens em comemorações. Em participação no Show da Galera deste sábado, Andrade (áudio acima), ídolo do Flamengo, falou sobre como o preconceito racial interfere no futebol e no esporte em geral.

“Como você vê poucos treinadores negros, você não vê muitos médicos ou engenheiros negros. Isso já vem de muitos anos, essa coisa do negro sempre estar em segundo plano. É difícil até dizer porque em todos os esportes, como futebol e basquete, o negro está em cima, como é o Pelé e nos Estados Unidos com vários jogadores negros no basquete. Em outros setores, o negro fica em segundo plano. Eu sei que isso é demorado e que as pessoas não cogitam muito. No Dia da Consciência Negra, te ligam quatro ou cinco pessoas pra falar disso e você sabendo que no dia seguinte não vão falar mais nada. É uma coisa que precisa der debatida durante o ano todo.”

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »