Esportes

Com adiamento dos Jogos Olímpicos, Japão deve ter custo adicional de 13 bilhões de reais

Contratos serão renegociados, manutenção de instalações e necessidade de se encontrar novas arenas encabeçam a lista

Por Redação Tupi

Por conta do adiamento dos Jogos Olímpicos, o Japão pode ter um custo adicional de cerca de US$ 2 bilhões, cerca de R$ 13 bilhões na cotação atual. A informação foi divulgada pelo jornal japonês “Nikkei”, especializado em economia. Na visão do veículo, inclusive, a tendência é que os contribuintes japoneses é quem vão arcar com esse valor.

“Com certeza haverá custos. O valor, contudo, não sabemos agora. E quem vai pagar isso? Não preciso dizer que não serão discussões fáceis e não sabemos quanto tempo vão durar” – disse Toshiro Muto, Organizados dos Jogos Olímpicos.

O Presidente do COI, por sua vez, Thomas Bach afirmou em uma teleconferência com jornalistas de todo o mundo nesta quarta-feira (25) que o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, se comprometeu a “fazer tudo que for preciso”

“Vai ser um custo adicional para os japoneses. Mas o primeiro-ministro Abe se comprometeu a fazer tudo o que for preciso. Todos foram impactados, jornalistas, atletas. Temos de fazer desses Jogos um símbolo de união” – declarou Bach.

Tudo isso por conta da necessidade de renegociação de alguns contratos, manutenções extras de arenas e estádios, além da necessidade de se encontrar novos espaços para receber algumas modalidades.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »