Esportes

Em jogo marcado por confusão entre Ganso e Oswaldo, Fluminense e Santos empatam no Maracanã

Com o resultado, o tricolor carioca saiu da zona de rebaixamento

Por Redação Tupi

Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Fluminense e Santos empataram por 1 a 1 em uma partida muito movimentada na noite desta quinta-feira, pela vigésima primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Soteldo marcou o gol santista e Lucas Veríssimo (contra) empatou para o tricolor carioca. A partida ficou marcada pela discussão áspera entre o técnico Oswaldo de Oliveira e o meia Paulo Henrique Ganso, os dois trocaram xingamentos e o clima no tricolor carioca está praticamente insustentável. Com o resultado, o clube das Laranjeiras ocupa a décima sexta colocação na tabela do Campeonato Brasileiro. O Santos permanece na terceira posição.

As primeiras chances do jogo foram criadas pela equipe santista. Aos 10, Derlis González recebeu livre na grande área e ficou em ótimas condições para finalizar. O paraguaio bateu forte, mas Muriel fez uma bela defesa e impediu o gol do alvinegro praiano. Três minutos mais tarde foi a vez de Felipe Jonathan parar em Muriel. A resposta tricolor veio aos 25, quando Ganso acionou Gilberto pela direita. O lateral chegou inteiro na jogada, mas acabou chutando de forma completamente torta, para o desespero da torcida do Fluzão no Maracanã.

Na reta final do primeiro tempo, o Santos conseguiu chegar ao seu gol. O baixinho Soteldo deixou Nino e Gilberto para trás e chutou forte no cantinho, sem chance alguma para Muriel. Já nos acréscimos do primeiro tempo, o tricolor carioca chegou ao empate em uma jogada curiosa. Após cruzamento de Nenê pela esquerda, Lucas Veríssimo se jogou na bola para tentar o corte, mas acabou mandando contra o próprio patrimônio.

O segundo tempo começou morno e as equipes não conseguiram produzir grandes oportunidades de gol na primeira etapa. O clima esquentou de vez no Maracanã, mas o aumento da temperatura no Estádio Mário Filho não teve relação direta com a partida. Ao ser substituído por Daniel, Paulo Henrique Ganso se desentendeu com o técnico Oswaldo de Oliveira. Os dois tiveram que ser separados pelo auxiliar técnico Marcão. A torcida tricolor saiu em defesa do meia e passou a chamar Oswaldo de burro.

Com o clima praticamente insustentável, a situação passou a ficar ainda mais dramática para o Fluminense quando Digão deixou o pé no rosto de Marinho. O lance foi revisado pelo árbitro de vídeo e o defensor foi expulso. Com um a menos, o tricolor carioca passou a lutar pelo empate, mesmo atuando em casa. Aos 32, Felipe Jonatan, driblou o marcador e bateu com perigo. Muriel foi bem na jogada, impedindo o segundo gol santista no jogo. O Fluminense teve a melhor chance do segundo tempo aos 43 minutos da segunda etapa, Allan recebeu ótimo lançamento, invadiu a área, driblou Everson, mas ficou sem ângulo e acabou batendo pra fora. Seria o gol da virada tricolor no Maracanã. O zagueiro Frazan, do Fluminense e o atacante Marinho, do Santos, também foram expulsos nos minutos finais da partida, por conta de duas entradas violentas.

Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »