Esportes

Ex-técnica da seleção feminina diz que foi demitida por ser mulher

Emily Lima declarou que sente vontade de deixar o Brasil: 'Preciso ir para onde as pessoas me deixam trabalhar'

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação

Emily Lima, treinadora e ex-jogadora, esteve presente no programa ‘Conversa com Bial’. Ela foi a primeira técnica mulher da seleção feminina, mas não teve muito tempo para colocar seu trabalho em prática. Em entrevista ao apresentador, a profissional afirmou que ser mulher influenciou na decisão de tirá-la do comando e afirmou que sente vontade de deixar o Brasil.

“Hoje eu posso dizer que sim, antes eu não queria acreditar na minha demissão. Eu fiquei pouco tempo, em 10 meses a gente não consegue mudar muito o comportamento, mas eu espero ter plantado uma sementinha. Logo na minha chegada, em 2016, eu chamei a responsabilidade e falei: ‘Vocês não são amarelonas. Agora deixa comigo e com a minha equipe, tirem esse peso das costas de vocês’. Preciso ir para onde as pessoas me deixam trabalhar”, disse Emily Lima.

Emily Lima foi afastada do comando da Seleção Brasileira feminina em setembro de 2017. Desde então, o técnico Vadão assumiu a equipe. O Brasil está disputando a Copa do Mundo de futebol feminino e soma uma vitória, sobre a Jamaica, e uma derrota para a Austrália.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »