Conecte-se conosco

Copa do Mundo

Fifa analisa possibilidade de três formatos diferentes para implementar na Copa do Mundo de 2026

Chefe do departamento de desenvolvimento de futebol da entidade, Arsène Wenger afirma que Conselho decidirá qual modelo de disputa

Publicado

em

Gianni Infantino e Arsène Wenger
(Foto: Divulgação/Fifa)

Com sede em três países diferentes – Estados Unidos, México e Canadá – , a Copa do Mundo de 2026 vai ser a primeira da história a ter a participação de 48 seleções e não mais 32, como ocorre atualmente, por exemplo, no Catar. Mas, em entrevista coletiva em Doha, o chefe do departamento de desenvolvimento de futebol da Fifa, Arsène Wenger, afirmou que há três formatos de disputa sendo analisados pela entidade e não há ainda nenhuma decisão.

“Neste Mundial com 48 equipes, o modelo de competição não está decidido. Podem ser 16 grupos com três times, podem ser 12 chaves com quatro cada um, ou talvez, dividir em dois lados com 24 países. Quem vai decidir isso é o Conselho (da Fifa) no ano que vem”, disse o ex-técnico do Arsenal, da Inglaterra. Vale lembrar que a novidade do inchaço do torneio, com a vinda de mais nações, foi divulgada no mês de janeiro de 2017, gerando muita discussão.

A maior probabilidade é que se opte pela alternativa de 12 grupos, com quatro seleções dentro em cada. Isso porque as outras ideias de formato, segundo torcedores e até mesmo a imprensa, criaria problema esportivo, como a falta de competitividade nas rodadas finais e também uma espécie de estímulo a posturas defensivas e cautelosas em campo, contribuindo, assim, contra o ‘espetáculo’.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *