Fluminense

Fluminense deixa de arrecadar cota da Copa do Brasil e orçamento financeiro fica prejudicado

Cota da Copa do Brasil era de R$ 2,6 milhões

Por Sérgio Guimarães

 

Foto: Fluminense / Logo oficial

A eliminação do Fluminense na Copa do Brasil que não estava nos planos do tricolor, vai trazer consequências financeiras para o clube que deixou de arrecadar só nesta próxima fase, R$ 2,6 Milhões. Esta foi a segunda eliminação do Fluminense no ano, a primeira foi na Copa Sul-Americana, quando o tricolor ficou de fora da competição na primeira fase depois de dois empates contra o Union La Calera do Chile.

A diretoria previa no orçamento de 2020, após a queda na Sul-Americana, uma premiação de R$ 11,8 milhões na Copa do Brasil. Para atingir esse valor, o clube precisaria chegar às quartas de final da competição, mas acabou caindo antes mesmo das oitavas. O Fluminense arrecadou apenas R$ 5,9 milhões, metade da estimativa.

O clube calculava um superávit do exercício de R$ 9 milhões, com isso, o clube ficou sem arrecadar R$ 3 milhões, o que ainda seria satisfatório, mas para isso o clube precisará atingir outras metas de receita, como a venda de jogadores, aliás, alguns já saíram, Evanílson, Gilberto, Marcelo Pitaluga, Orejuela e o empréstimo de Marlon para o Trabzonspor, da Turquia. Com esses negócios, o clube já arrecadou cerca de R$ 33 milhões.

A previsão em relação a venda de jogadores está estimada em R$ 70 milhões.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »