Esportes

Internacional e Athletico-PR decidem a Copa do Brasil em Porto Alegre

Colorados tentam o Bicampeonato da competição. Furacão entra em campo buscando título inédito

Por Redação Tupi

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Chegou o grande dia! Nesta quarta-feira(18.09), Internacional e Athletico Paranaense definem o título da Copa do Brasil 2019. No Beira Rio, a bola rola às 21h30 (horário de Brasília) para o confronto entre as duas equipes. No jogo de ida, vitória por 1 a 0 do Furacão, que pode até empatar para ficar com a taça.

A promessa é de casa cheia em Porto Alegre. Todos os ingressos estão esgotados para o jogo, que deve ter mais uma grande festa da torcida do Inter dentro e fora do estádio. Nas semifinais, os colorados promoveram o que ficou conhecido como “ruas de fogo” nos arredores do Beira Rio, com fogos e sinalizadores vermelhos.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira(17.09), o atacante Paolo Guerrero, do Internacional, destacou o papel da torcida na decisão. Autor de dois gols na semifinal, no Beira Rio, o peruano reconheceu a qualidade do Athletico, mas mostrou confiança no Colorado em Porto Alegre. Guerrero aposta no grande retrospecto dentro de casa: O time de Odair Hallmann perdeu apenas uma vez, foi para o Novo Hamburgo (1×0), pelas quartas de final do Gauchão. Apesar da derrota, o Internacional se classificou para a semifinal da competição.

Premiação milionária e vaga na Supercopa

Além de um dos títulos mais importantes do futebol brasileiro, a Copa do Brasil pode garantir, de cara, várias outras conquistas relevantes para Inter ou Athletico Paranaense. De cara, quem levantar a taça ficará com uma premiação milionária: são R$ 52 milhões para o ganhador da competição. O vice fica com R$ 21 milhões.

Além disso, o campeão garante uma vaga na Supercopa do Brasil, uma competição inédita com início previsto para 2020. O torneio reunirá o campeão da Copa do Brasil com o campeão do Campeonato Brasileiro. Não menos importante, o título da Copa do Brasil ainda garante participação na Taça Libertadores da América do ano que vem.

Pelo fim do jejum nacional

O duelo reúne dois clubes que tentam encerrar um longo jejum de conquistas nacionais. O Athletico foi campeão do país pela última vez em 2001 e bateu na trave em 2013, com o vice-campeonato da Copa do Brasil. Já o Inter não sabe o que é erguer uma taça nacional há 27 anos. Sua última conquista foi na Copa do Brasil de 1992. O Colorado ainda disputou outra decisão, em 2009, mas acabou derrotado pelo Corinthians.
Entre os jogadores titulares do Athletico Paranaense, apenas um é remanescente da final de 2013: o goleiro Santos. Na época, era reserva de Weverton, hoje no Palmeiras. O atacante Marcelo Cirino também estava naquele elenco, mas já está em sua segunda passagem pelo Athletico, depois de rodar por alguns clubes (inclusive o Inter).

No Colorado, é o argentino Andes D’Alessandro que tem a chance de uma revanche após a final de 2009. Hoje capitão do time, D’Ale tinha 28 anos de idade quando foi derrotado pelo Corinthians na final. O segundo jogo da decisão foi no Beira Rio e o argentino ficou marcado com uma expulsão perto do fim do jogo.

Comentários
enquete

Para conseguir um cargo melhor, o chefe deve valorizar o trabalho ou o 'puxasaquismo'?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »