Esportes

Luxemburgo pede para que torcida do Vasco pare com cantos homofóbicos

Partida contra o São Paulo foi paralisada aos 19 minutos por conta de provocações preconceituosas

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

O Vasco venceu o São Paulo neste domingo por 2 a 0, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. Mas nem tudo foi perfeito. Após Talles Magno abrir o placar, a torcida vascaína começou a provocar o rival com cantos homofóbicos. “Vi…, time de vi…”. O técnico Vanderlei Luxemburgo conversou com o árbitro, Anderson Daronco, e pediu para que os torcedores parassem com os gritos.

A partida foi paralisada aos 19 minutos por conta dos cantos. Os jogadores do Vasco, como o capitão Leandro Castán e Yago Pikachu, também conversaram com o árbitro e pediram para que a torcida parasse com os gritos.

Na última segunda-feira, o STJD decidiu que os clubes podem ser punidos com perda de pontos em casos de manifestações preconceituosos das torcidas nos estádios.

Comentários
enquete

Os homens devem experimentar ser 'donos de casa' para ver o trabalho que dá?
Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »