Campeonato Brasileiro

Miguel consegue chegar a acordo com Fluminense e encaminha acerto com o Bragantino até o fim de 2022

Tricolor deve ficar ainda com 30% dos direitos econômicos do jovem jogador

Por Bruno Gentile

Miguel chega a um acordo com Fluminense e deve ir para o Bragantino
(Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Após conseguir a liberação do Fluminense em ação na Justiça, o meia Miguel, de apenas 18 anos, chegou a um acordo para terminar o imbróglio judicial entre seu estafe e o clube e está acertando sua ida ao Red Bull Bragantinho, equipe que tem por filosofia contratar jovens atletas promissores no mercado. O jogador já está realizando exames médicos e, caso não ocorra nenhum imprevisto nos resultados, deve assinar com o time de Bragança Paulista no próximos dias, em vínculo até dezembro de 2022.

Segundo o site ‘Globoesporte.com’, apesar da possibilidade de firmar com o Massa Bruta por cerca de um ano e meio, ainda haverá a opção de renovação por mais cinco temporadas. No combinado feito pelas partes envolvidas, os diretos econômicos da revelação de Xerém ficarão divididos: 50% estará a cargo da instituição do interior de São Paulo; 30% com o próprio Tricolor; e os 20% restantes reservados ao garoto, que decidiu por manter um percentual relacionado a ele mesmo. Dessa forma, se for vendido no futuro, os cariocas terão direito a receber certa quantia.

A partir de agora, Miguel e seu estafe darão entrada com um pedido na Justiça do Rio de Janeiro para homologar o acordo realizado com o Fluminense, o que, consequentemente, botará fim ao entrave judicial. Depois de processar o clube da Zona Sul, o jogador deixou de treinar e participar das atividades no CT Carlos Castilho, na Barra da Tijuca, e vem, até então, mantendo o condicionamento físico de maneira independente, sob os cuidados de um preparador pessoal. Antes de iniciar conversas com o Bragantino, o meia chegou a negociar com Internacional e Santos, porém, as transações não avançaram.

Relembre o caso

Em maio, há cerca de quatro meses, o jovem ingressou com uma ação contra o Tricolor, pedindo e reivindicando a rescisão do contrato, além de alegar o não recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e atraso no pagamento de um reajuste salarial.O processo acabou sendo protocolado por José Roberto Lopes, pai e advogado do atleta. Na ocasião, o time das Laranjeiras recorreu. Em agosto, a juíza Daniela Valle da Rocha Muller concedeu o rompimento do vínculo, favorecendo a revelação de Xerém.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
20:00 - Conexão Tupi
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »