Botafogo

Nada mudou! Botafogo chega ao seu décimo primeiro empate no Brasileirão

Glorioso esteve em vantagem no placar por duas vezes, mas não conseguiu superar o Ceará no Nilton Santos

Por Matheus Emanuel

Foto: Vitor Silva / Botafogo

O Botafogo chegou a estar em vantagem duas vezes no placar, mas acabou empatando com o Ceará por 2 a 2, no Estádio Nilton Santos. Essa foi a 11ª vez em que o Botafogo saiu de campo com apenas um ponto no Brasileirão. Honda e Matheus Babi marcaram para os donos da casa. Cléber e Leandro Carvalho, fizeram os gols da equipe cearense.

Em um dia marcado por protestos na sede do clube, em General Severiano, o Botafogo entrou em campo extremamente pressionado para enfrentar o Ceará. Sob o comando do técnico interino Flavio Tenius, o alvinegro começou o jogo de forma intensa e teve a sua primeira oportunidade aos nove minutos. Kelvin avançou pela direita e rolou para Warley, que chutou forte e obrigou Fernando Prass a fazer uma boa defesa. Aos 13, Bruno Pacheco derrubou Lecaros na grande área. O árbitro da partida, Diego Pombo López, mandou o jogo seguir. No entanto, o V.A.R foi acionado e a penalidade foi assinalada. Na cobrança, Honda deslocou Prass e abriu o placar para o Fogão no Nilton Santos.

A vantagem no marcador não durou muito, pois aos 22 minutos, Léo Chú serviu Cléber, que cortou pra dentro e acertou um chute extraordinário na gaveta para deixar tudo igual. Cinco minutos mais tarde, a estrela de Matheus Babi brilhou. O atacante que voltou a ser titular após iniciar a partida contra o Cuiabá pela Copa do Brasil no banco de reservas, recebeu cruzamento de Bruno Nazário e subiu com estilo para testar no cantinho e colocar o Botafogo em vantagem novamente. Aos 33, o Botafogo tentou explorar a bola aérea mais uma vez, só que o cruzamento de Victor Luís explodiu no braço de Eduardo. O árbitro do jogo precisou novamente da tecnologia do V.A.R para apontar a marca na cal. Diferentemente do primeiro pênalti do jogo, Victor Luís foi para a bola ao invés de Honda. O lateral-esquerda soltou uma bomba, mas não calibrou a pontaria e acabou isolando a oportunidade de deixar o Botafogo em uma situação mais confortável no jogo.

A chance desperdiçada na reta final do primeiro tempo fez muita falta, já que o Ceará demonstrou seu poder de reação logo no início da etapa final. Aos cinco minutos, Leandro Carvalho, que havia acabado de entrar no jogo aproveitou a desatenção da defesa botafoguense, tabelou com Vina e finalizou com força para empatar o jogo. Aos 18, Kevin novamente apareceu bem no ataque e serviu Warley, só que dessa vez, o camisa 25 sequer acertou o alvo e desperdiçou uma ótima oportunidade de marcar o terceiro do Botafogo. A resposta do Ceará veio aos 28 minutos. Tiago subiu mais que a defesa botafoguense e cabeceou pra baixo. Cavalieri fez boa defesa parcial. No rebote, Cléber tentou marcar de calcanhar, mas a bola se perdeu pela linha de fundo.

O jogo ainda teve duas expulsões. Pelo lado do Ceará, Luiz Otávio foi para o chuveiro mais cedo. No Botafogo, o atacante Iván Angulo levou dois cartões amarelos em sua estreia e consequentemente, foi expulso. Com o resultado, o Botafogo alcançou os 20 pontos no Campeonato Brasileiro, mas ainda precisará secar alguns adversários para não entrar na zona de rebaixamento nesta rodada. Com 23 pontos, o Ceará está na décima colocação e chegou a marca de cinco jogos sem derrota na competição.

O próximo compromisso do Botafogo é diante do Cuiabá, fora de casa, na próxima terça-feira, pela Copa do Brasil. Na partida de ida das oitavas de final, o glorioso foi derrotado por 1 a 0, no Estádio Nilton Santos.

 

 

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »