Esportes

No segundo amistoso com a Austrália, Seleção Brasileira feminina joga melhor e arranca empate em seis minutos

Érika e Debinha fizeram os gols da equipe treinada pela técnica Pia Sundhage

Por Bruno Gentile

Após perder o primeiro amistoso por 3 a 1, Brasil feminino empate em 2 a 2 com a Austrália, em Sidney
(Foto: Thais Magalhães/CBF)

Depois de não ter uma boa atuação no primeiro amistoso com o Austrália, no último sábado (23), em Sidney, perdendo por 3 a 1, a Seleção Brasileira feminina apresentou boa evolução em comparação com a partida anterior e buscou o empate após sair atrás no placar com uma diferença de dois gols. O jogo desta terça-feira (26), ocorrido na mesma cidade, terminou em 2 a 2, mesmo com a Canarinha mostrando-se bem superior às adversárias do ponto de vista da criatividade e armações de jogadas perigosas. Polkinghorne e Kerr construíram a vantagem a favor das australianas, mas Érika e Debinha, em um intervalo de seis minutos, deixaram tudo igual.

Na etapa inicial, a Amarelinha começou o confronto adotando uma postura agressiva e pressionando bastante as donas da casa. Porém, aos 10 minutos, em uma cobrança de escanteio, a bola foi disputada na área, perambulou e sobrou, à feição, nos pés da zagueira Polkinghorne, que pegou de primeira e balançou a rede de Letícia Izidoro – assim como no duelo anterior. A equipe de Marta e companhia continuou apertando, só que sem conseguir finalizar. Ao todo, foram 54% de posse e o dobro de tentativas de concluir à meta para as visitantes.

Na volta do intervalo, o Brasil parecia desatento. Aos 4, Fowler acertou uma bomba na trave, quase ampliando a contagem. Logo na sequência, aos 7, Carpenter colocou na frente na direção de Sam Kerr. A atacante recebeu, tirou da marcação, chutou bem e fez o segundo das mandantes. A Seleção, então, retomou a postura do primeiro tempo, voltou a pressionar e o descontou o prejuízo, aos 19. Após cobrança de escanteio de Marta, Érika subiu mais que todo mundo e testou firme. Depois, aos 25, Júlia avançou pela lateral esquerda, deixando em Tamires. A camisa 6 chutou no travessão e Debinha, bem colocada, pegou a sobra para concretizar o 2 a 2.

Vale lembrar que, antes de encarar a Austrália nessas duas oportunidades, o time da técnica sueca Pia Sundhage já havia levado a melhor em amistosos realizados contra a Argentina, no estado da Paraíba – 3 a 1 e 4 a 1 foram os placares das partidas, ocorridas no mês de setembro. Todos esses jogos marcaram o início do novo ciclo de preparação da Canarinha de olho na Copa América de 2022, que será classificatória para a Copa do Mundo de 2023.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
01 de Dezembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Na Companhia Do Garcia
« Programa Anterior
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »