Esportes

Premier League rompe acordo milionário de direitos de transmissão para a China

A decisão foi tomada depois da empresa responsável não ter conseguido pagar a prestação de março de 179 milhões de euros

Por Beto Jr

Foto: Reprodução

A Premier League(Primeira divisão da Inglaterra) rompeu com um dos seus parceiros mais lucrativos. A liga inglesa decidiu terminar antecipadamente o acordo de direitos televisivos para a China com a plataforma de streaming “Pptv”. O contrato tinha a duração de três anos, até 2022, e estava avaliado em cerca de 550 milhões de libras (610 milhões de euros), segundo o portal “Palco23”.

A decisão foi tomada depois de a “Pptv” não ter conseguido pagar a prestação de março de 160 milhões de libras (179 milhões de euros). A “Pptv” é uma subsidiária da Suning Holdings, empresa que também controla o clube italiano Inter de Milão.

Antes de falhar o pagamento da prestação referente aos direitos televisivos, a “Pptv” já tinha tentado negociar os termos do contrato, com o objetivo de reduzir o custo e estender a parceria por mais três temporadas devido ao impacto da pandemia de Covid-19 na temporada da Premier League e, consequentemente, também nos seus negócios, segundo apurou o “Daily Mail”,

A perda da receita proveniente do negócio com a “Pptv” é um duro golpe para a Premier League, uma vez que o contrato celebrado entre as partes foi o segundo mais valioso da história da primeira divisão inglesa na área dos direitos televisivos.

A “Pptv” tem vindo a desenvolver uma estratégia agressiva para atrair os direitos televisivos de alguns dos desportos mais populares em todo o mundo nos últimos anos, mas o resultado acabou por ficar aquém das expectativas da empresa, depois da crise gerada pela pandemia de Covid-19, que provocou a interrupção desportiva a nível mundial.

Em julho deste ano, a tensão política entre a China e o Reino Unido atingiu o futebol e a “Cctv” (empresa de comunicação social pública do gigante asiático), suspendeu a transmissão do último dia da Premier League.

A decisão surgiu como uma retaliação depois do governo de Boris Johnson ter vetado a tecnologia 5G da Huawei no Reino Unido, a que se junta o apoio demonstrado aos manifestantes de Hong Kong sobre a nova lei de segurança. Em resposta, o governo chinês suspendeu a transmissão da Premier League, entre outras medidas.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »