Esportes

Sem fugir da responsabilidade, Diego diz que dor é imensa e explica opção em cobrança de pênalti

Por Matheus Emanuel e Wesley Ramon

Diego não fugiu da responsabilidade e mesmo após ter perdido bisonhamente o primeiro pênalti da série contra o Athlético-PR, nesta quarta-feira, no Maracanã, e ver o Flamengo eliminado da Copa do Brasil, o meia concedeu entrevista e falou da dor da desclassificação.

“A dor aqui no peito é muito grande. Tenho que seguir em frente. Toda cobrança é batalha do goleiro e batedor. Ontem, eu treinei esse pênalti, exatamente igual. Bati no meio e no alto. Não poderia bater forte, senão não teria precisão. Foi a decisão que tomei. Fico nessa situação que tenho que enfrentar. É um golpe duro que foge do nosso controle”.

Sobre o aproveitamento pequeno em cobranças de pênaltis com a camisa do Flamengo, Diego reconheceu, mas frisou que não foge da responsabilidade.

“Já fui campeão do mundo pelo Porto batendo pênalti. Fui duas vezes campeão da Copa América batendo pênalti. Tive outras várias decisões e marcando. Aqui no Flamengo o aproveitamento não tem sido como eu gostaria. As decisões que tomo são conscientes e hoje o goleiro tomou a decisão de ficar no meio. Dificilmente, ele fica. Ele foi mais feliz. Vai errar quem pegar a bola e bater. Durante o jogo, eu reconheço que outros jogadores estão no momento melhor, que é o casal do Gabigol e do Everton Ribeiro. Mas na disputa de pênalti não vou passar essa responsabilidade.

Comentários
enquete

Usar as redes sociais é uma boa maneira de terminar um relacionamento?
Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »