Conecte-se conosco

Copa do Brasil

Silêncio na Arena! Com gol de voleio de Pedro, Flamengo vence Athletico-PR e está nas semifinais da Copa do Brasil

Rubro-Negro carioca pega São Paulo ou América-MG na próxima fase da competição

Publicado

em

Athletico-PR x Flamengo
(Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Nas semifinais da Copa do Brasil! Assim como na Libertadores da América, o Flamengo viajou até Curitiba, dominou o Athletico-PR, na noite desta quarta-feira (17), na Arena da Baixada, e venceu por 1 a 0, pela volta das quartas de final do torneio de mata-mata. Com lindo voleio, Pedro foi o autor do gol que classificou o grupo do técnico Dorival Júnior à próxima fase, na qual o adversário será São Paulo ou América-MG. A CBF sorteará, na sexta (19), os mandos de campo das partidas, agendadas para os dias 24 de agosto e 14 de setembro.

A exemplo do primeiro duelo, o Furacão limitou-se a esperar as ações ofensivas do time carioca, a fim de apostar nos contragolpes em velocidade. Foram poucas chances criadas pelos donos da casa – Terans e Erick arriscaram duas vezes de longe, mas nas mãos de Santos. Com o passar do tempo, o Rubro-Negro da Gávea foi melhorando e, nos 15 minutos finais, construiu ótimas possibilidades de abrir o placar. Aos 38, Arrascaeta cabeceou por cima do travessão, e aos 41, Gabigol obrigou Bento a fazer ótima defesa ao bater de canhota.

Na volta do intervalo, ainda sem gols em Curitiba, o Flamengo retornou da mesma forma que antes, pressionando os mandantes e já levou perigo em duas oportunidades, com Rodinei e novamente Arrascaeta, ambas espalmadas pelo goleiro. Mas o domínio dos visitantes já era um prenúncio do que aconteceria aos 11. Em cruzamento da direita feito por Rodinei, Pedro apareceu sem marcação na segunda trave para pular e, de voleio, fuzilar a baliza atleticana, desta vez, com Bento sem reação.

Com a desvantagem em plena Arena da Baixada, o técnico Felipão fez substituições e deixou a equipe com maior ofensividade, tirando Matheus Felipe e Terans e colocando Cuello e Canobbio. O Furacão lançou-se à frente e assustou em testada sem direção de Pedro Henrique em escanteio da esquerda. Pelos cariocas, Gabigol, aos 29, perdeu chance incrível ao acertar a trave com Bento vendido, caído no chão. A partir daí, os paranaenses exerceram grande pressão no ataque, no entanto, os comandandos de Dorival Júnior seguraram o resultado, que garantiu passaporte às semifinais da Copa do Brasil.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.