Esportes

Vasco perde para Cabofriense em São Januário e se complica na Taça Guanabara

Caso não vença o Botafogo na próxima rodada, o cruz-maltino será eliminado da competição

Por Bruno Almeida

(Foto: Paulo Fernandes / Vasco.com.br)

Vasco e Cabofriense se enfrentaram nesta sexta-feira (31/01), às 11h, em São Januário, pela quarta rodada da Taça Guanabara. O jogo seria realizado na noite de ontem (30/01), mas foi adiado após o transformador do estádio queimar, devido à forte chuva. O cruz-maltino entrou em campo em busca da segunda vitória consecutiva, depois de vencer o Boavista na última rodada, e de colar na zona de classificação para a semifinal. Para isso, o técnico Abel Braga optou por botar força máxima. Entretanto, a equipe não rendeu o esperado e perdeu por 1 a 0, com gol de pênalti de Léo Aquino. Foram os primeiros pontos do tricolor praiano na competição.

O Vasco começou pressionando. No primeiro minuto, Cano finalizou fraco dentro da área e, aos oito, Gabriel Pec teve grande oportunidade. Raúl fez jogada pela direita e cruzou rasteiro para o meia, livre, bater por cima. A partida não estava das melhores tecnicamente. De baixo de forte calor – a ponto de torcedores passarem mal na arquibancada -, o cruz-maltino criou outra boa oportunidade, com cobrança de falta de Pikachu, obrigando George a fazer boa defesa. Aos 36, Talles Magno deu belo chute de longa distância e a bola bateu na rede do lado de fora.

Parecia que o jogo ia para o intervalo no zero a zero. Mas, aos 44, Léo Aquino puxou contra-ataque para a Cabofriense e foi derrubado na área por Werley. O juiz marcou pênalti. O próprio Aquino bateu e converteu. Cano ainda quase empatou, com bela finalização de dentro da área, mas George fez uma linda defesa.

Abel voltou para o segundo tempo com duas substituições. Tirou Gabriel Pec e Bruno Gomes, para botar Juninho e Vinícius. Nos primeiros dez minutos, Marrony teve três oportunidades, mas finalizou todas para fora. O atacante foi vaiado ao ser substituído por Ribamar, aos 16 minutos. Cano foi o jogador que mais causou perigo. Primeiro, com uma cobrança de falta rasteira na entrada da área, que tirou tinta da trave. Depois, deu drible da vaca na área e chutou em cima de George. Depois, aos 42, finalizou forte, obrigando o goleiro a fazer linda defesa.

Mas, a principal chance foi de Talles Magno. Aos 44, Vinicius fez bela jogada pela direita. O ponta driblou Guilherme e cruzou rasteiro, na medida para Talles. Livre e na pequena área, o atacante bateu de primeira e chutou por cima do gol. Ao término da partida, a torcida protestou e pediu a saída do técnico Abel Braga.

Com a derrota, o Vasco permanece na quarta colocação do grupo B, com 4 pontos, mas fica com chances pequenas de classificação para a próxima fase. Caso o cruz-maltino empate ou perca para o Botafogo na próxima rodada, a equipe estará eliminada. A partida será realizada neste domingo (02/02), às 16h, no Engenhão. No mesmo dia e horário, a Cabofrinese enfrenta o Macaé, em Bacaxá. O tricolor praiano conseguiu a primeira vitória na competição e subiu para a quinta posição do Grupo A. O time, com 3 pontos, ainda tem chances matemáticas de se classificar.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
31 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Fala Garotinho
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
11:00 - Programa Francisco Barbosa
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
08:00 - Programa Roberto Canazio
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »