Esportes

Vigilância Sanitária notifica o Flamengo e cobra esclarecimentos por treinos no Ninho do Urubu

Representante do clube terá que se apresentar ainda nesta sexta-feira para dar detalhes sobre a rotina no CT

Por Marcos Coelho

Foto: Reprodução (TV Globo).

A novela envolvendo a volta dos treinos do Flamengo ganhou mais um capítulo. Isso porque, nesta quinta-feira, equipes das secretarias de Vigilância Sanitária e Fazenda estiveram no Ninho do Urubu para fiscalizar o local, mas foram impedidas de entrar com a alegação que não havia funcionários do setor administrativo. Desta forma, o clube foi notificado e um representante terá que ir, ainda nesta sexta-feira, à sede da Vigilância Sanitária para prestar esclarecimentos.

A visita é um braço da Operação Comboio, iniciada há uma semana, e que tem como objetivo identificar locais e estabelecimentos que não estejam cumprindo o decreto para não ter aglomerações, além da obrigatoriedade do uso da máscara. Existe o risco de multa e o valor varia entre R$ 590 a R$ 2.696,20, dependendo da atividade, de acordo com a Lei Complementar 197/2028. A Prefeitura tomou conhecimento na terça-feira que atividades em campo estavam sendo realizadas no local.

Nesta quinta, em entrevista, a secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch, disse em entrevista coletiva, contar com a colaboração do Flamengo e acrescentou que há, de fato, o risco de sanções. No mesmo dia, o clube emitiu nota oficial alegando que funcionários e atletas estão “seguros e aptos” para exercer o trabalho. Abaixo, confira a nota emitida pela Vigilância Sanitária:

“Fiscais da Subsecretaria de Vigilância Sanitária, pasta vinculada à Secretaria Municipal de Saúde, e da Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização da Secretaria Municipal de Fazenda estiveram na tarde desta quinta-feira, 21/05, no Centro de Treinamento do Clube de Regatas do Flamengo para conferir denúncia de descumprimento ao Decreto RIO 47.282/20, referente a normas de restrição de aglomeração, medida essencial ao enfrentamento da pandemia da Covid-19.

Na chegada, a equipe foi impedida de entrar sob alegação de não haver funcionário do setor administrativo para acompanhar a inspeção, infringindo o Código Sanitário do Município do Rio de Janeiro (inciso X, Art. 30 do Decreto 45.585/18). Diante disso, o estabelecimento foi autuado e o responsável notificado a comparecer na sede da Vigilância nesta sexta, 22, para prestar esclarecimentos quanto à denúncia e também ao fato ocorrido”

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »