Brasil

PGR volta a se posicionar contra investigação do presidente por não usar máscara

Na avaliação da PGR, estabelecer uma multa pela conduta seria suficiente para punir a conduta do presidente da República

Por Marcos Antonio de Jesus

Imagem da Fachada da PGR em Brasília
(José Cruz/Agência Brasil)

A Procuradoria-Geral da República defendeu novamente no Supremo Tribunal Federal o arquivamento de pedidos para investigar se o presidente Jair Bolsonaro cometeu crime ao sair sem máscara e causar aglomeração em eventos públicos durante a pandemia.

O novo parecer foi enviado pela subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo após cobrança feita pela ministra Rosa Weber, relatora dos pedidos, para quem a argumentação da primeira manifestação causou “alguma perplexidade”. Segundo Rosa, a opinião da PGR continha “dubiedades”.

Agora, a subprocuradora-geral argumentou que “em momento algum” a PGR defendeu a impunidade no descumprimento das medidas sanitárias, mas reiterou que Bolsonaro não cometeu crime ao sair sem máscara e gerar aglomeração em eventos públicos.

Na avaliação da PGR, estabelecer uma multa seria suficiente para punir a conduta do presidente da República.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
01 de Dezembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Na Companhia Do Garcia
« Programa Anterior
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »