Coronavírus

Colômbia relata primeiros casos de Covid-19 entre povos indígenas

A maior preocupação dos especialistas de saúde é que o vírus se espelhe rapidamente entre tribos que têm pouca imunidade a doenças comuns

Por por redação tupi

 

(Foto: divulgação/Pueblo Yukpa, Onic)

Autoridades colombianas confirmaram os dois primeiros dois casos de coronavírus entre povos indígenas.

Os casos foram identificados em pessoas do grupo, que vivem em condições de pobreza em um aglomerado de abrigos e barracas em Cúcuta, cidade do norte, de acordo com a Organização Nacional Indígena da Colômbia (Onic), principal autoridade indígena do país.

A maior preocupação dos especialistas de saúde é que o vírus se espelhe rapidamente entre tribos, pois eles têm pouca imunidade a doenças comuns da população em geral. Ainda de acordo com as autoridades da Colômbia, essa parcela da população possui sistema imunológico com propensão mais alta para desnutrição, hepatite B, diabetes e doenças respiratórias, como a tuberculose.

“Estamos muito preocupados”, disse Maricela Londoño, secretária de imprensa da Onic, à Thomson Reuters Foundation.

A Colômbia fechou suas fronteiras com a Venezuela, Equador, Peru, Panamá e Brasil, ainda assim, pessoas conseguem atravessar despercebidas.

“Isso coloca todos em risco grave”, disse Londoño.

Como algumas tribos só têm algumas dezenas de pessoas, as mortes do coronavírus podem levar algumas comunidades à extinção, de acordo com a Onic e grupos de defesa dos direitos indígenas.

No início de março, líderes indígenas de toda a Colômbia orientaram as comunidades a se interditarem, manter estranhos à distância, adotar o distanciamento social e suspender aulas e encontros em terras ancestrais.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »