Mundo

Dezenas de pessoas morrem pisoteadas durante funeral de Soleimani, no Irã

Povo iraniano continua a exigir vingança contra os Estados Unidos

Por Agência Brasil

 Foto: Reprodução

Pelo menos 40 pessoas morreram pisoteadas e 213 estão feridas após uma debandada nas ruas de Kerman, onde ocorrem nesta terça-feira (7) as cerimônias fúnebres de Qassem Soleimani, general iraniano morto pelos Estados Unidos na semana passada. Dezenas de milhares de pessoas estão nas ruas da cidade natal daquele que é considerado um herói do Irã.

As cerimônias de hoje, durante as quais o povo iraniano continua a exigir vingança contra os Estados Unidos, marcam o final de três dias do luto nacional.

“Infelizmente, como resultado da desordem, alguns dos nossos compatriotas ficaram feridos e outros morreram durante as cerimônias fúnebres”, disse o chefe dos serviços de emergência do país à televisão estatal iraniana Press TV.

Momentos antes, o líder da Guarda Revolucionária do Irã, Hossein Salami, ameaçou incendiar lugares próximos dos Estados Unidos, provocando gritos de “Morte a Israel!” entre a multidão que se encontrava na praça central de Kerman para assistir ao funeral.

Hossein Salami elogiou os feitos do general Soleimani e disse que, como mártir, este representava uma ameaça ainda maior aos inimigos do Irã. “Vamos nos vingar. Vamos incendiar os locais que [os Estados Unidos] apreciam”, afirmou o líder militar.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Janeiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »